O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 28 de julho de 2017

BALADA DO IDOSO


Cuidai de vossos idosos; assim eu vos tenho dito.
Pois não podeis, sequer, imaginar como é infinita a solidão de quem vê aproximar-se o fim do caminho. E como, a cada passo, se torna mais pesada aos seus ombros e mais ocupa o seu horizonte.
Porque sabe que, em breve, precisará afastar-se de todos que o acompanham e embarcar sozinho, na Grande Viagem; onde nada levará, senão a tristeza da despedida e a incerteza do que encontrará adiante.
Essa angústia o acompanha todos os dias e muitas vezes mantém abertos os seus olhos, no escuro da noite: a consciência de que o fim está próximo e aqui ficarão os entes queridos que ainda lhe restam.
Muitos são os que o precederam na partida; e cada um deles se tornou uma marca cadente em seu coração. E não julgueis que o tempo tenha feito cicatrizar as feridas, pois a brasa sob as cinzas ainda arde.
Saudade, lembranças e a expectativa do próprio fim; estas são as companhias que lhe restarão, se do vosso convívio o afastardes. Sem a presença e o amor dos vivos, só fantasmas haverá em seu caminho.
Só a vida pode vencer a morte; só a companhia pode afastar a solidão. Nada tão grato, àquele que sente a proximidade da morte, como o sopro da vida; nem a quem está só, como a sensação de companhia.
Vossa é a responsabilidade de amparar os lentos e derradeiros passos de quem vos ajudou a ensaiar os vossos primeiros; e vos carregou ao colo quando, pequeninos, não éreis sequer capazes de andar.
É com amor que o deveis fazer; porque foi com amor, que o fizeram por vós. Que não seja uma obrigação, mas um prazer, estar em companhia de quem tantas vezes tudo deixou, pelo prazer de estar convosco.
Assentai-vos, para ouvir as suas histórias. E não as escuteis apenas com os ouvidos, mas abri-lhes os vossos corações; porque, mais do que histórias, convosco compartilham as suas próprias vidas.
Não vos acanheis de acariciar os seus cabelos brancos; nem de tomar as suas mãos enrugadas nas vossas mãos; nem de beijar os seus rostos. Lembrai-vos de que cada vez que o fazeis pode ser a última.
Tomai-lhes a benção, sim; por que não? E recebei como uma dádiva as palavras com que vos abençoam e desejam tudo de bom para os vossos caminhos. É de coração que o fazem e os ouvirá o Universo.
Abençoai-os, por vossa vez; e fazei-o de coração. Recordai, ao pronunciardes as palavras da benção, tudo quanto deles recebestes; assim, o Amor estará em vossa voz. E também vos ouvirá o Universo.
Tende presente que não sabeis até quando os tereis convosco; deveis aproveitar cada momento em sua companhia, para que as boas lembranças vos acompanhem e façam sorrir por entre as lágrimas.
Quando só vos restar a saudade.


Música:
http://ohassan.dominiotemporario.com/midis/jaimevillalba-nocturne.mid

26/07 foi o Dia dos Avós. Coincidentemente, aconteceu que li, no blog da Smareis (http://caminhostropecosevitoria.blogspot.com), um post que me sensibilizou muito; daí nasceu este texto. Vejam este vídeo, que dá o que pensar e mostra uma triste realidade: https://youtu.be/dYpK6WDD-ac.

30 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Ė Árabe, as pessoas costumam pensar que a partir de determinada idade, os idosos, não těm vontade própria vê lhes faltam com respeito.
Lindo post!
Bom fim de semana! Beijos

28 de julho de 2017 18:25  
Anonymous Sérgio Siqueira disse...

Reflexivas palavras caro Irmão.
Adorei.
Fique com Deus
Sérgio

28 de julho de 2017 23:22  
Blogger ✿ chica disse...

Lindo, verdadeiro, emocionante texto! Eles merecem carinho e cuidado, respeito. Desejo um lindo fds! abração,tudo de bom,chica

29 de julho de 2017 02:54  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...


Esta balada pode ser também para mim,

que em Setembro completo 71 anos.

Gostei de ler amigo.

Desejo que se encontre bem.

Bjs.

Irene Alves

29 de julho de 2017 12:18  
Blogger Jairo Ferreira disse...

Lindo texto meu irmão. Mas, no caso de nossa mãe, sua fé é tão forte que ela tem certeza do que encontrará pela frente. Só lamenta o que vai ter de deixar aqui, mas também tem certeza de que continuará nos vendo. Beijos.

29 de julho de 2017 14:15  
Blogger Lia Noronha disse...

Árabe: como sempre o seu texto nos leva a refletir...sobre a vida e nossos comportamentos diante dela.
Gratidão por tudo.
Um grande abraço Dominical pra ti querido amigo.

30 de julho de 2017 10:14  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

Amigo Árabe

um texto muito emocionante que me deixou completamente comovida.

cito esta frase "Só a vida pode vencer a morte; só a companhia pode afastar a solidão."

e quantos ficam abandonados e sem carinho...doi tanto...

boa semana

:(

31 de julho de 2017 11:49  
Blogger A Casa Madeira disse...

Estar presente sempre é o melhor remédio.
Pessoas sempre serão pessoas independente da idade que tenham,
Texto para não esquecer.
Boa entrada de mês.
Abraços.
janicce.

31 de julho de 2017 17:00  
Blogger Smareis disse...

Boa noite Árabe!
Um texto lindamente escrito, que me fez pensar enquanto lia.
Zelar pelos pais deveria ser um ato de amor, afeto e gratidão, pois foi dessa forma que os pais os cuidaram.
Perdi meus pais alguns anos atrás, e pra nossa família eles foram cedo demais, só que o tempo de Deus, não é o mesmo tempo nosso... Deus dá o consolo necessário, mais eu sinto muita falta de pedir a benção aos meus pais Árabe. Pouco tempo atrás os filhos ainda eram acostumados a pedirem benção aos pais. Hoje são poucos os que fazem. É bíblico a necessidade dessa bênção. Não importa qual seja a idade do filho, ele sempre deve pedir a bênção de seus pais. O filho não deve perder a oportunidade de ser abençoado por ele, se possível todos os dias, mesmo quando adulto, criança, velho etc. Essa semana estava no escritório do meu despachante, e seu filho de 20 anos chegou e pediu a benção e deu lhe um abraço. Meia hora depois, ele saiu pra ir pra faculdade, pediu novamente a benção. É tão difícil ver cenas como essa hoje em dia. Pedir a benção é algo maravilhoso, é um ato que fortalece a família.
Obrigada por citar meu link!
A música é excelente, e o vídeo é muito bom. O DIA QUE ME TORNEI INVISÍVEL nós traz uma boa reflexão.
Uma boa semana meu amigo!
Abraço!


31 de julho de 2017 20:52  
Blogger São disse...

AS pessoas de idade perdem todo o valor nesta nossa sociedade ocidental sem princípios nem valores assim que, por qualquer motivo , deixam de ter utilidade prática.


Bom Agosto, meu querido amigo,Abraço

1 de agosto de 2017 06:27  
Blogger Nidja Andrade disse...

Texto emocionante. Eu agradeço a Deus por ter me dado a oportunidade de cuidar de meus pais. Foi uma convivência muito gratificante. Queria tê-los até hoje. AbraçO

1 de agosto de 2017 07:09  
Blogger Fá menor disse...

Um texto que fala ao coração. Muito grata, amigo.

Abraço.

1 de agosto de 2017 09:47  
Blogger Teresa Isabel Silva disse...

Palavras sábias!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

1 de agosto de 2017 12:16  
Blogger Arco-Íris de Frida disse...

As pessoas vivem e agem como se não houvesse fim... as vezes não é nem pq não dão valor aos pais, é pq realmente o homem vive como se não soubesse da fragilidade de sua existência, e um dia tudo muda...
É preciso ter consciência que o amanhã é hj...o amanhã não existe para nenhum de nós até que ele chegue... por isso a necessidade de cuidar não só dos pais quando estão velhos, na verdade é preciso cuidar da relação que temos com eles, jovens ou velhos... é preciso que saibam que são amados...

Beijos, meu querido amigo Árabe...

1 de agosto de 2017 13:30  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

Um texto que o mundo deveria ler e muito aprender com ele.muito triste ver tantos idosos sem amparo, sem o devido respeito que tanto merecem. Tenha um ótimo resto de semana e muito obrigada! Abração.

2 de agosto de 2017 15:36  
Blogger O Árabe disse...

É a pura verdade, Olhos de Mel, infelizmente! Precisamos mudar essa situação, em respeito ao presente dos idosos e ao nosso futuro! Obrigado, bom resto de semana.

3 de agosto de 2017 12:34  
Blogger O Árabe disse...

Feliz com a sua presença, irmão. Grande saudade, meu abraço! Bom resto de semana.

3 de agosto de 2017 12:35  
Blogger O Árabe disse...

Merecem, Chica! E devemos fazer tudo, para oferecer o melhor a eles! Obrigado, amiga; bom resto de semana.

3 de agosto de 2017 12:36  
Blogger O Árabe disse...

Também estou a caminho, Irene; chegarei lá, se Deus quiser! :) Bom saber que você gostou, amiga; obrigado, bom resto de semana!

3 de agosto de 2017 12:37  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, maninho: e isto nos reconforta, não é? :) Beijo grande, bom resto de semana!

3 de agosto de 2017 12:38  
Blogger O Árabe disse...

Gratidão a você, Lia, pela amizade e gentileza. Bom resto de semana, obrigado.

3 de agosto de 2017 12:39  
Blogger O Árabe disse...

Dói, sim, Piedade! Crianças e idosos representam o passado e o futuro; temos o dever de respeitá-los e protegê-los no presente! Obrigado, bom resto de semana.

3 de agosto de 2017 12:41  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Janicce: "Pessoas sempre serão pessoas independente da idade que tenham."; uma grande verdade, que nunca podemos esquecer! Obrigado, amiga; bom resto de semana.

3 de agosto de 2017 12:42  
Blogger O Árabe disse...

De todo o seu belo e sensato comentário, Smareis, destaco esta frase: " Pedir a benção é algo maravilhoso, é um ato que fortalece a família.". Assim também acredito, amiga, com todo o coração. Não agradeça pelo link; é uma honra para o nosso oásis, o seu blog é ótimo! Obrigado, bom resto de semana.

3 de agosto de 2017 12:47  
Blogger O Árabe disse...

Verdadeiro absurdo, não é, São? Os conselhos da experiência são inestimáveis, e o seu afeto é maravilhoso! Obrigado, amiga; bom resto de semana.

3 de agosto de 2017 12:49  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Nidja: poucas coisas nos enriquecem tanto, como essa convivência com os idosos que amamos! Obrigado, bom resto de semana.

3 de agosto de 2017 12:50  
Blogger O Árabe disse...

Grato a você, Fa, pela gentileza e amizade constantes. Bom resto de semana!

3 de agosto de 2017 12:51  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Isy. Bom resto de semana, amiga!

3 de agosto de 2017 12:52  
Blogger O Árabe disse...

Concordo inteiramente, Arco-Íris: todos precisamos saber que somos amados; e, no caso dos idosos, acho que essa necessidade é ainda mais intensa! Bom saber que você está bem, minha amiga; bom resto de semana.

3 de agosto de 2017 12:54  
Blogger O Árabe disse...

Faço minhas as suas palavras, Maria Luzia: muito triste ver tantos idosos sem apoio, sem o respeito que tanto merecem! Obrigado, minha amiga; bom resto de semana!

3 de agosto de 2017 12:56  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky