O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 21 de abril de 2017

O PESO DO VOSSO IRMÃO


Disponde-vos a carregar os vossos irmãos.
Porque longa e sinuosa é a estrada. E nela estão ocultos trechos calçados de pedras que magoam os pés, curvas sinuosas, montanhas escarpadas, rios caudalosos e abismos largos e profundos.
Sim; nem sempre, em vossos caminhos, pisareis em grama macia e atravessareis vales planos e ensombrados; ou encontrareis regatos de águas cristalinas, para refrescar-vos e saciar a vossa sede.
Nem sempre os ventos soprarão a vosso favor e as estrelas vos indicarão o rumo certo. Nem sempre as flores desabrocharão ao vosso redor e perfumarão com o seu delicado aroma o ar que respirais.
Deveis estar sempre dispostos a carregar os vossos irmãos. Porque um dia necessitareis, talvez, de serdes por vossa vez carregados; e está escrito que ninguém colherá senão o que semeia.
Sede generosos, portanto, enquanto as forças vos sobram e podeis ajudar a quem precisa. Pois, eu vos tenho dito, é só juntos, que chegareis ao fim do caminho; só juntos, concluireis a jornada.
O pastor não descansa, até que a última ovelha tenha retornado ao conforto do redil e esteja livre dos perigos da noite. Como podeis julgar que ficareis bem, enquanto bem não estiver o vosso irmão?
Aprendei esta lição, pois ela vos é necessária: é só quando os homens se dão as mãos, que a Canção do Universo se faz ouvir no coração de todos. É só o amor que pode construir a união e a paz.
Praticai o amor e leve vos será, aos ombros, o peso do vosso irmão. Rápidos e abençoados serão os vossos passos, quando renunciardes à carga pesada do egoísmo e ajudardes a quem precisa.
Nunca deveis temer que os vossos joelhos se verguem, ao carregar o peso de vosso irmão. Porque o Coração do Universo estenderá sobre vós a Sua mão e vos envolverá na Sua força sem limites.
Não vos escuseis, jamais, de carregar o vosso irmão. Porque, quando o fizerdes, estareis caminhando por dois; e o Coração do Universo, que tudo vê, multiplicará a velocidade do vosso caminhar.
Alegrai-vos, de cada vez que fordes chamados a carregar o vosso irmão. Porque o Coração do Universo caminhará ao vosso lado e a Sua presença se fará sentir na felicidade do vosso verdadeiro Eu.    
Deixai que eu vos repita: sede como a árvore, que não se nega a distribuir os seus frutos, porque se os retivesse pereceria. Sede como a fonte, cuja água se renova sempre, cada vez mais límpida.
Distribuí, sem medo, o que vos sobra. Não apenas de vossos bens, mas, principalmente, de vossa atenção e vossos sentimentos. Muitas vezes, o afeto e o respeito alimentam mais do que o pão.
Disponde-vos a carregar os vossos irmãos. Juntos estareis, na Mansão do Amanhã. 


Música:
http://ohassan.dominiotemporario.com/marco/1_andre_kostelanetz_romeo_e_juliet.mid

Texto inspirado por este vídeo fantástico: https://youtu.be/Pquk6ZsL96Q 
(Conta-se que, durante uma noite de nevasca, na sede de um orfanato em Washington (EUA), um padre ouviu alguém bater na porta e ao abrí-la encontrou um menino coberto de neve, com poucas roupas, trazendo às costas outro menino mais novo. A fome estampada nos rostos, o frio e a miséria dos dois comoveram o padre, que os mandou entrar e disse ao mais velho: “Ele deve ser muito pesado”. Ouviu, em resposta: “Ele não pesa, ele é meu irmão”.

Não eram irmãos de sangue, mas de rua. Este caso inspirou a música, e da frase surgiu o refrão.) 

30 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Muito lindo, Arabe! Me emocionei durante a leitura. A sombra do amor, qualquer dor, parecerá menor.
Vou assistir o video e volto.
Bom fim de semana! Beijos

21 de abril de 2017 18:58  
Blogger Arco-Íris de Frida disse...

“Nenhum homem é uma ilha; cada homem é uma partícula do continente, uma parte da terra; se um torrão é arrastado para o mar, a Europa fica diminuída, como se fosse um promontório, como se fosse o solar de teus amigos ou o teu próprio; a morte de qualquer homem me diminui, porque sou parte do gênero humano. E por isso não perguntes por quem os sinos dobram; eles dobram por ti”.

O homem precisa aprender que somos um só,o outro é uma parte de nos,a paz so vem atraves da ajuda mutua entre os seres humanos...

Beijos, Arabe... que vc tenha um otimo fim de semana...

21 de abril de 2017 21:21  
Blogger ✿ chica disse...

Que maravilha.Intensas, profundas palavras e o recado do menino fica bem marcado..Realmente o irmão não pesa...Emocionante! Lindo demais! abração,chica

22 de abril de 2017 03:01  
Blogger CÉU disse...

Olá, estimado amigo!

Um texto, particularmente, terno e apaixonante.

Dar e receber é o melhor k existe e qto a pesos, a fraternidade nunca pesa.

Abraços e boa semana.

PS: pra mim, amante é aquele que ama. Não encontro neste vocábulo sentido pejorativo.

24 de abril de 2017 14:28  
Blogger Vera Lúcia disse...


Olá Árabe,

A comovente história do vídeo lhe proporcionou uma linda inspiração.
"Carregar" quem amamos nunca será um fardo pesado, e "carregar" o próximo em seus momentos de dor e penúria é ato de solidariedade, caridade e amor próximo, lei maior de Cristo.
A generosidade é uma virtude nascida do amor, enquanto que o egoismo nasce da indiferença, já que o egoista somente pensa em si próprio.
Ninguém caminha sozinho por esta jornada terrena. É de mãos dadas que construímos nossa evolução.

Feliz semana!

Abraço.

24 de abril de 2017 15:17  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

Boa noite Árabe!

Belíssimo texto! Na verdade nossos irmãos fazem parte da nossa vida, sem eles, fica um vazio no nosso coração. Obrigada e ótima semana! Abração

24 de abril de 2017 16:34  
Blogger Teresa Isabel Silva disse...

Texto lindo!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

25 de abril de 2017 07:22  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

Olá Árabe:

Peço desculpa pela ausência.

E que caminhos tão difíceis são esses...mas é certo que "carregar os nossos irmãos" é uma bem aventurança para quem o faz.Mas também o é para aquele irmão que se prontifica a ser carregado.

Beijinho doce

25 de abril de 2017 09:51  
Blogger Ailime disse...

Boa tarde meu Amigo e bom Árabe,
Que texto maravilhoso repleto de pérolas.
Impressionante a reposta do menino que nos dá um enorme exemplo.
Quando fazemos algo por amor não pesa nada. o amor é leve e com ele as nossas acções se tornam por sua vez muito simplificadas.
Os irmãos nos ajudam a caminhar e sem eles a vida não faria sentido. Todos em comunhão ajudamos a que o mundo seja mais pacífico, melhor.
Sobre a música encontrei de Andre Kostelanetz o tema de Romeo e Julieta, que achei lindo! Penso que era esta a música;))!
Desejo-lhe continuação de boa semana.
(Não estarei por cá alguns dias).
Biejinhos,
Ailime

25 de abril de 2017 10:04  
Blogger Marina Fligueira disse...

Buenas tardes, Árabe: nos dejas una preciosa lección-ejemplo de vida. Claro que si, no se necesita ser hermano de sangre, todos lo somos para Dios. Hoy tu texto despierta conciencias dormidas o egoístas, aunque estas últimas no tienen conciencia, pues en el egoísmo no hay caridad ni amor.

Me ha encantado esta entrada y ha sido un placer pasar.
Te dejo mi gratitud y mi estima.
Un abrazo y se muy -muy feliz.

25 de abril de 2017 10:36  
Blogger Fá menor disse...

Bela a reflexão e belo o texto no qual foi inspirada. Só o amor vale a pena.

Boa semana, amigo!

25 de abril de 2017 13:22  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

Emocionada fico muitas vezes ao ler os seus textos, sempre fonte de ensinamentos.
Ao finalizar e ao ler onde foi inspirado, ainda me emocionou mais.
Eu concordo com o seu teor.
Mais um texto a merecer reflexão.
Muito obrigada!
beijinhos
:)

26 de abril de 2017 10:08  
Anonymous Helena disse...

Árabe, meu querido amigo, um dos mais belos textos que já vi aqui no teu espaço!
Sem dúvida a nossa jornada se fará menos pesada, menos cansativa, se pudermos carregar conosco o nosso irmão, pois na medida em que ajudamos alguém que está ao nosso lado, também estaremos sendo ajudados.
De todas as "verdades" no texto contida, extraí esta parte por achá-la belíssima:
"é só quando os homens se dão as mãos, que a Canção do Universo se faz ouvir no coração de todos. É só o amor que pode construir a união e a paz."
Ficam sorrisos, ficam estrelas, fica meu carinho espalhado em pétalas de rosas.
Helena

26 de abril de 2017 15:47  
Blogger São disse...

Emocionante este teu belissimo post, meu querido amigo.

Abraço muito apertado

27 de abril de 2017 08:50  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Olhos de Mel; e concordo inteiramente: à sombra do amor, qualquer dor parece menor. Mas você não disse o que achou do vídeo. Bom fim de semana!

28 de abril de 2017 11:48  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Arco-Íris; e acho que é preciso que a paz esteja dentro de nós, para que possa existir entre os seres humanos. Somos todos irmãos! Bom fim de semana, fique bem.

28 de abril de 2017 11:50  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Chica! Bom fim de semana, minha amiga.

28 de abril de 2017 11:51  
Blogger O Árabe disse...

Nem eu, Céu; não consigo imaginar como possa existir algo de pejorativo no amor! E concordamos: a fraternidade nunca pesa. Ao contrário: alivia o peso! Bom fim de semana.

28 de abril de 2017 11:53  
Blogger O Árabe disse...

Comovente, mesmo, não é, Vera? E é bem como você disse:é de mãos dadas que construímos nossa evolução! Bom fim de semana, minha amiga; obrigado.

28 de abril de 2017 11:55  
Blogger O Árabe disse...

Assino sob esta frase, Maria Luzia: " Na verdade nossos irmãos fazem parte da nossa vida, sem eles, fica um vazio no nosso coração.". Obrigado, bom fim de semana; fico feliz em ver você de volta ao blog!

28 de abril de 2017 11:56  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Teresa Isabel; bom fim de semana, fica bem!

28 de abril de 2017 11:56  
Blogger O Árabe disse...

Não tens que te desculpar, Doce Amor; a companhia dos amigos é sempre bem vinda, a qualquer hora; e mesmo na ausência, estamos juntos. Concordo: a fraternidade é uma via dupla, que faz felizes quem dá e quem recebe. Bom fim de semana!

28 de abril de 2017 11:58  
Blogger O Árabe disse...

Bem como disseste, Ailime: "Os irmãos nos ajudam a caminhar e sem eles a vida não faria sentido. Todos em comunhão ajudamos a que o mundo seja mais pacífico, melhor.". Volta breve, amiga; fazes falta! Obrigado, bom fim de semana.

28 de abril de 2017 12:00  
Blogger O Árabe disse...

verdade, Marina: no egoísmo, não existem caridade e amor... e cada um de nós se encontra mais só! Obrigado por tua presença constante e carinhosa, amiga; bom fim de semana.

28 de abril de 2017 12:02  
Blogger O Árabe disse...

Muito bem dito, Fa: só o amor vale a pena! Obrigado, bom fim de semana.

28 de abril de 2017 12:02  
Blogger O Árabe disse...

Emocionante, mesmo, o exemplo do garoto, não é, Piedade? Quem dera, todos fôssemos capazes dessa atitude! Grato pela gentileza e amizade, bom fim de semana.

28 de abril de 2017 12:04  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Helena, pela presença carinhosa e amiga. E estamos de acordo: toda vez que ajudamos alguém que está ao nosso lado, também estamos sendo ajudados! Bom fim de semana, fique bem.

28 de abril de 2017 12:05  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, São; confesso que fiquei emocionado, ao ler o texto do vídeo. É muito bom repartir esta emoção, amiga! Bom fim de semana, fica bem.

28 de abril de 2017 12:07  
Anonymous Lúcia Argolo disse...

Sensacional Àrabe!!!
A forma como você descreve a sinuosa estrada ,a lição que nos passa é maravilhosa e comovente! Amei!!
Bom final de semana!!

26 de maio de 2017 17:02  
Blogger O Árabe disse...

O caso, em si, é muito inspirador, não, Lúcia? Quem dera, todos conseguíssemos ver os outros como nossos irmãos! Só hoje, vi este comentário; mas antes tarde do que nunca, não é? :) Bom resto de semana

31 de maio de 2017 17:33  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky