O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

domingo, 5 de agosto de 2007

A SABEDORIA E A JUVENTUDE


Conta-se que em um lugar distante, há muito tempo, vivia um homem velho e sábio.

Habitava uma caverna, entre as montanhas. Aprendera que a solidão é necessária, para que o homem possa gozar da companhia de seu verdadeiro Eu.

Não se recusava, porém, a atender aos que o procuravam. E, porque a sabedoria dividida se multiplica, a todos distribuía os seus ensinamentos.

Assim, a sua fama se espalhou entre o povo; como a luz, que se faz notar à medida que dissipa as trevas.

Um dia, o jovem senhor daquelas terras ouviu contar do seu renome. Armou a sua escolta, montou em seu cavalo e partiu em busca do famoso mestre.

Encontrou-o sentado, à frente de sua caverna. E a ele se dirigiu:

- Mestre, venho buscar-te. Para que vivas em meu palácio e me orientes com os teus sábios conselhos.

Respondeu-lhe o velho:

- Deixai-me, senhor. Seria, acaso, justo que o pássaro cantasse apenas para os vossos ouvidos? Ou que os raios do sol aquecessem apenas o vosso corpo?

- Vem comigo e trocarás por macias almofadas o duro chão da tua caverna!

- Dizei-me, senhor: de que podem servir novos confortos, aos ossos calejados de um corpo velho?

- Terás riquezas...

- De que me serviriam, senhor? Encontro-me na fronteira de um país onde contam apenas os tesouros da alma.

- As mais finas iguarias...

- De pouco precisa o meu corpo, senhor; é a minha alma que reclama alimento. E só o pode encontrar nas almas de meus irmãos.

- Belas mulheres...

- A sua beleza apenas me encheria os olhos, senhor. E o que faria eu da minha alma vazia?

- Teu será o poder; todos se curvarão à tua passagem, e te chamarão de mestre.

- Isso me seria fatal, senhor, pois o orgulho poderia impedir-me de aprender o muito que ainda não sei.

- Nada existe, então, que te faça seguir-me?

Sorriu o velho:

- Existe algo, senhor, e vós o tendes. Se mo puderdes dar, todas as vossas ofertas terão para mim novo valor; e decerto vos seguirei.

Animou-se o nobre:

- Será teu, eu o prometo! Basta que me digas: o que é?

- A juventude, senhor!...


Recebi, da Olhos_deMel, um gentil convite para falar sobre as sete coisas que julgo primordiais na vida; as minhas sete maravilhas. Acredito que as nossas prioridades e necessidades variam com o tempo, como bem mostra esta pequena história.
Hoje eu ficaria com a paz interior, a compreensão, o carinho, a liberdade, o respeito mútuo e a verdadeira companhia. E, por paradoxal que pareça, um pouco de solidão, que é necessária para que melhor se perceba o valor das outras seis...

37 Comentários:

Anonymous cõllybry disse...

TUDO É TÃO RELATIVO E EFEMERO...

MEU DOCE BEIJO

5 de agosto de 2007 13:31  
Blogger gata disse...

até o sábio entre os sábios???

e eu que pensava que a juventude era um estado de alma!

Beijo de Gata...obrigada pela visita e pelas bonitas palavras.

5 de agosto de 2007 16:28  
Anonymous Keila, a Loba disse...

O que me faz amar os contos é a possibilidade de estar em contato com o nosso sábio interior, que na verdade se materializa na figura mítica e mística do sábio dos contos. Quem não gosta de uma boa história, não é mesmo? Os árabes que o digam...

BeijUivooooooooooossssssss da Loba

5 de agosto de 2007 16:56  
Anonymous Olhos de Mel disse...

Árabe, obrigada pela atenção. São momentos.
O texto é lindo, mas eu acredito que a juventude, está dentro de cada um de nós. Se sentir velho é pior, que ser de fato. Porque isso, nos impossibilita de viver, ou de arriscar, na tentativa de ser feliz.
Creio que tudo que pensamos, ou que torna-se primordial em nossa vida é fruto das experiências mesmo, conforme disse. Obrigada por ter aceito. Assim, conhecemos um pouco mais sobre os amigos, que quase diariamente, trocamos ideias, sentimentos, pensamentos, ideologias, etc.
É como disse por lá. Nada nesses espaços, deveria ser por escolhas, mas sim, se lançar a ideia pra todos que quisessem, compartilhar.

5 de agosto de 2007 21:29  
Anonymous Bia disse...

Um sábio verdadeiramente SÁBIO, pois optou por pedir o "impossível" ao jovem senhor que achava que tudo podia. Acredito ter sido a forma por ele encontrada para demonstrar que o essencial na vida é o aprendizado, que sempre vai existir algo que poderemos aprender, e que por isso não devemos nos fechar em cofres, mas passar a outros o "tesouro" que conseguimos descobrir.

Excelentes tuas escolhas de coisas importantes na vida.

Deixo-te pétalas de perfumadas flores, um beijo no coração, e o desejo de dias lindos a iluminar tua semana.

6 de agosto de 2007 11:46  
Blogger david santos disse...

Vamos fazer deste ano, o ano de Castro Alves.
Quem foi Castro Alves? Todos temos obrigação de saber.

6 de agosto de 2007 13:51  
Blogger Mari disse...

Pois é...
Será que o jovem entendeu o aprendizado?Ou o sábio só despertou nele a vaidade de ser jovem?Tudo é tão relativo,como diz cõllybry!1rs
Adorei as suas SETE MARAVILHAS!coisa de sábio!
Grande beijo

6 de agosto de 2007 17:53  
Blogger O Árabe disse...

Tudo, sim, collybry... mas os sentimentos persistem. ;)

6 de agosto de 2007 19:12  
Blogger O Árabe disse...

E é, Gata... mas muitas vezes o corpo não acompanha. ;)

6 de agosto de 2007 19:15  
Blogger O Árabe disse...

Realmente, Keila; uma bela história, enquanto a luz da fogueira ilumina o oásis sob a lua...

6 de agosto de 2007 19:16  
Blogger O Árabe disse...

Nada a agradecer, Olhos de Mel. Só espero ter atendido a expectativa... ;)

6 de agosto de 2007 19:18  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Bia. E vc está certa, sim: o aprendizado de todos os dias é o caminho para o aperfeiçoamento constante.

6 de agosto de 2007 19:20  
Blogger O Árabe disse...

David, é inteiramente válida a sua proposta. Castro Alves merece todas as homenagens.

6 de agosto de 2007 19:29  
Blogger O Árabe disse...

Mari, de sábio provavelmente não. Mas sinceras, são... e muito! :)

6 de agosto de 2007 19:31  
Blogger Whispers and lu@r disse...

- A juventude, senhor!...
Dito em poucas palavras,o que muitos deixam passar sem dar conta..
Nunca esquecer que a juventude não é só física, pq quantos jovens São mais velhos do que velhos de 80anos?!?
Beijinhos no teu coração
Whispers

6 de agosto de 2007 20:38  
Blogger Mônica Montone disse...

poderia dizer que essas também são minhas 7 maravilhas......

beijos, querido

MM

6 de agosto de 2007 21:12  
Blogger Defensor disse...

Salve

É como está escrito lá no meu perfil:

"De que vale o langor da riqueza, se nenhum tesouro coíbe a opressão da morte... Quando a morte chega, os tesouros é mister abandonar. Ao passo que a posse da chave afasta a morte. A posse da chave assegura o conhecimento do segredo. O conhecimento do segredo afasta qualquer medo..."

Poucos entendem ou sabem o que é o alimento da alma... Este é um segredo para poucos.

Abraços

Paz, prosperidade!

7 de agosto de 2007 06:01  
Blogger Josse disse...

"Para todos a entrada na vida é a mesma e a partida semelhante.
Assim implorei e a inteligência me foi dada, supliquei ao espírito e a sabedoria veio a mim para me eternizar".
Gosto deste livro na Bíblia "Sabedoria". Assim, penso que a Juventude está presa a nossa alma. Somos tão jovens quanto queremos ser. E o que vale mesmo é aonde ( ou a quê) prendemos o nosso coração. Beijos amigo e boa semana. Lindo texto.

7 de agosto de 2007 08:42  
Blogger Dani disse...

Adorei o texto... muito bom!!!
Obrigada pela visita lá no blog, volte sempre ok???
Bjo

7 de agosto de 2007 09:47  
Blogger Yvonne disse...

Árabe, você não pode avaliar o quanto eu gostei desse último post. Que história linda. Beijocas

7 de agosto de 2007 15:27  
Blogger O Árabe disse...

Whispers, bem colocado. A minha idade, por exemplo, varia de acordo com as minhas emoções. Ah! sussuros ficam bem com o lu@r... ;)

7 de agosto de 2007 19:34  
Blogger O Árabe disse...

Bem, Mônica, então... estou em excelente companhia! ;)

7 de agosto de 2007 19:35  
Blogger O Árabe disse...

Defensor, amigo, é sempre um prazer revê-lo. Mas estou sentindo falta dos seus belos posts...

7 de agosto de 2007 19:36  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Josse, e uma boa semana para você, também. E talvez esse seja o significado da metáfora "fonte da juventude", não é? Ela estaria em nós...

7 de agosto de 2007 19:41  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado a você também, Dani. E pode esperar... voltarei, sim!

7 de agosto de 2007 19:42  
Blogger O Árabe disse...

Yvonne, fico feliz em saber que você gostou... e também em vê-la de volta. :)

7 de agosto de 2007 19:43  
Blogger Susana Jas disse...

Arabe...

Infelizmente, nao podemos permanecer jovens para sempre. Mas, com a velhice, Deus nos deu a sabedoria, que permite ajudar os que estao na caminhada inicial.
A aceitacao de que passamos pelo tempo faz as coisas menos dificeis e mantem a alma jovem. Mesmo quando ainda sonhamos com o corpo que nao envelhece...

Um abraco,

Susana

7 de agosto de 2007 22:40  
Anonymous DO disse...

Pra ficarmos refletindo muito ,hem ARABE.
Adoro estas mensagens.

Grande abraço!!

8 de agosto de 2007 16:01  
Blogger O Árabe disse...

Susana eu diria que o corpo envelhece... e os nossos sonhos se tornam menos abstratos. :)

8 de agosto de 2007 20:17  
Blogger O Árabe disse...

Essa é a chave, DO... a reflexão. Um dos caminhos para a descoberta do verdadeiro Eu... Abração

8 de agosto de 2007 20:19  
Anonymous Adailton Almeida disse...

Muito boa a pequena história e melhor ainda a maturidade com que escolheu suas sete maravilhas. Abraço!

9 de agosto de 2007 03:41  
Blogger Vi disse...

E muito amor, para que todas as outras não sejam fardos aos ombros, por mais sábias que elas possam ser.
Grande abraço

9 de agosto de 2007 04:46  
Blogger Olhos de mel disse...

Oie Árabe, passando pra deixar beijinhos e lhe desejar um bom fim de semana!

9 de agosto de 2007 14:49  
Blogger O Árabe disse...

Adailton, obrigado pela sua opinião... e volte sempre ao nosso oásis! :)

9 de agosto de 2007 18:07  
Blogger O Árabe disse...

Vi, o amor é sempre necessário... é nele que começa a nossa vida!

9 de agosto de 2007 18:08  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Olhos de mel... espero que para você, também!

9 de agosto de 2007 18:09  
Blogger Peregrinus disse...

E fiquei eu aqui pensando quais seriam as minhas sete maravilhas...
Mas se elas mudam constantemente consoante for aumentando a lucidez da alma...
Mas agora, neste momento presente, seriam O Amor Fraternal, a Verdade Universal, a Liberdade do Ser, a Vontade de Criar, a Sabedoria das Eras, a Eternidade da Vida, e por fim, a União Ao Todo Que É...
São os sonhos que alimentam a força dos peregrinos e lhes mantêm a coragem de permanecer...
Gratidão

2 de julho de 2012 05:56  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Início

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky